segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Um outro Evangelho

Por Leandro Louzada
Uma teologia suja e podre, se enraizou na igreja brasileira, ela trouxe uma falsa esperança para os oprimidos, e todos os dias luto para combaté-la.
Essa teologia é chamada de teologia da prosperidade. Ela tem destruído muitas pessoas.
Resumindo ela ensina que: os crentes em Cristo não podem ficar doentes e se ficarem certamente Cristo os curará e se não curarem os crentes não tiveram fé suficiente para obter sua cura. Também ensina que todos aqueles que são fieis nos dízimos e ofertas, Deus os retribuirá com dinheiro e bens materiais.
Isso é tudo que as pessoas querem, muito dinheiro e uma saúde inabalável, mas não é isso que a bíblia nos ensina, Cristo disse que no mundo teriamos aflições, Paulo escrevendo sua carta a Timóteo dizendo que ele deveria tomar um pouco de vinho, para aliviar o problema estomacal que o jovem tinha. Cristo não buscou fama, conforto e nem tão pouco dinheiro. Certa fez ouvi alguém dizer que Cristo foi uma pessoa rica, isso me deixou bastante espantado, pois se ele era de fato rico, a bíblia é uma farsa, porque ela nos mostra que Cristo nasceu em um curral, morava em uma cidade chamada Nazaré, que era desprezada por todos, era filho de um carpinteiro, sua entrada em Jerusalém foi em um jumentinho, sua coroa foi de espinho e o seu trono foi a cruz.
Com certeza podemos ser cristãos ricos e com uma boa saúde, mas também podemos ser cristãos com uma saúde frágil e sem dinheiro no bolso. Cristo veio a terra para trazer esperança para as pessoas, para mostrar que existia um caminho para vencer a dor e o sofrimento e além disso, um caminho que nos levaria ao Pai.
Nossa devoção a Cristo não deve ser por tudo que Ele pode nos dar, mas por tudo que Ele é. Devemos ir a igreja não para buscar bençãos, mas para buscar o Deus da benção, entregar o dízimo não para trocar favores com Deus, mas como gratidão e amor a obra de Cristo.
Cristo nos oferece tudo que necessitamos e não o que pedimos, a teologia da prosperidade é uma farsa, é tem iludido muitas pessoas, se você não foi curado, ou alguém da sua família, amigo, conhecido, Cristo não te abandonou, e você não teve pouca fé, se você é um dizimista fiel e a sua vida financeira não vai bem, não há nada de errado com você.
Cristo nos promete a salvação eterna no céu, e sua presença em todos os dias e momentos da nossa vida terrena.
Deus abençoe você, e que sua fé possa estar firmada em Cristo, mesmo passando por momentos complicados, creia que Cristo está com você.
"Não há nada que podemos fazer para Deus nos amar mais, não há nada que podemos fazer para Deus nos amar menos"(Phillip Yancey)

3 comentários:

  1. Luciana Louzada04 fevereiro, 2009

    Deus não está sentado atrás de uma mesa esperando que, através de nossas atitudes, ele possa despejar "bençãos sem medidas" - leia-se bens materiais, quantidades de dinheiro, casamentos et all - a nós.
    Seria muito mediano pensar assim.

    ResponderExcluir
  2. Leandro sua percepção é de uma sensibilidade de um verdadeiro ministro preocupado com a verdade simples e bíblica e única!
    Amém, que as pessoas possam ler e aprender e enfim, mudar!

    ResponderExcluir
  3. Fala "quase chará" de blog rsrs...Deus te abençoe..estamos na luta contra esse teologia podre...e a favor do evangelho verdadeiro de nosso Mestre Jesus...

    Abraço !

    ResponderExcluir