segunda-feira, 16 de abril de 2012

A pesca, a fogueira, o pão e o peixe

Por Leandro Louzada

Texto base: João 21.1-22

É possível que aqueles que se desviaram sejam restaurados, que aqueles que negaram a Cristo recebam outra chance?
No Evangelho de Lucas no capítulo 5 nos versos de 1 a 11, relata como Jesus chamou seus primeiros discípulos.
Certo dia Jesus estava perto do mar da galiléia e a multidão lhe apertava de todos os lados para ouvir a palavra de Deus, vendo dois barcos a beira do lago que havia sido deixado pelos pescadores que lavam suas redes, entrou em um deles, este era de Simão, e pediu-lhe que o afastasse da praia um pouco e assim pregou e ensinou a multidão.
Acabando o sermão Jesus mandou Simão ir até as águas mais fundas e lançar as redes, Simão retrucou-lhe dizendo que passaram a noite toda tentando pescar e não conseguiram pegar nada, mas como foi Ele que pediu, iria atendê-lo. Lançaram as redes e pegaram tantos peixes que foi necessário a ajuda de outro barco para recolhê-los, e mesmo assim quase ambos os barcos afundaram, do tamanho que foi a pesca.
Depois de ver isso tudo, Simão Pedro prostrou em terra dizendo que Jesus deveria afastar-se dele, pois o mesmo era um pecador, e não só ele ficou atônico, mas todos os seus companheiros de pesca.
Mas Pedro não conhecia Jesus, não sabia que ele escolhe as coisas loucas deste mundo para confundir as sabias. Jesus chama Simão Pedro e diz que ele não deveria ter medo, pois ele não seria mais um pescador de peixes e sim de homens.
Pedro é chamado por Jesus para andar lado a lado com ele e fazer sua vontade. Pedro mostra-se um homem temente a Deus, ao ponto de reconhecer que Jesus era o Cristo o Filho do Deus vivo em um contexto que a maioria achava que o mesmo era apenas um profeta, por sua vez Pedro tinha um temperamento forte, ansioso, precipitado, imaturo, mas o maior erro de Pedro foi negar Jesus. Na noite que Jesus prediz a traição de Judas, Pedro disse que daria a sua vida por Jesus, prontamente Jesus lhes respondeu que antes que o galo cantasse 3 vezes, Pedro lhe trairia (João 13.37-38).

Em João 18.15- 18, 25-27, Pedro nega Jesus três vezes e logo após o galo cantou pela terceira vez, cumprindo o que Jesus havia dito.
Como negamos Jesus Cristo?

•Quando não aceitamos que Jesus é Deus;
•Quando negamos a trindade, pai filho e espírito santo, o mesmo Deus.
•Quando não amamos o nosso próximo: Falamos mal, omissos, odiamos, não sendo hospitaleiro, bondoso, mal testemunho diante dos não crentes e crentes, criticamos e não trazemos soluções.

Jesus morre na cruz, mas ao terceiro dia ressuscita, aparece para Maria Madalena, aos seus discípulos, Tomé e agora reencontrará Pedro, aquele que o negou.
Como seria este reencontro? Pense como você reencontraria uma pessoa que lhe traiu?
Jesus prepara todo o cenário do reencontro com Pedro, vejamos o que podemos aprender com o reencontro de Jesus e Pedro.

1)A pesca

Jesus prepara um cenário conhecido de Pedro.
Acabamos de ver acima que Jesus chamou a Pedro no mar da galiléia, quando o mesmo estava pescando na companhia de outras pessoas, que não havia pescado nada e que um certo “homem” aparecerá e lhe mandou pescar em determinado lugar novamente e que está pesca foi fascinante. Neste mesmo dia Jesus chamou Pedro, agora Ele prepara o mesmo cenário para restaurar a vida de Pedro.
Jesus nos coloca em determinadas situações para nos moldar e restaurar as nossas vidas.
Jesus faz como Jeremias, trás a memória de Pedro aquilo que lhe daria esperança. Hoje Jesus preparou este cenário para reencontrar você. Pedro não deixou de ser discípulo para ser reencontrado, mas Pedro estava ferido, havia negado o mestre, aquele que o chamou para pescar homens. Talvez muitos de vocês mesmo sendo discípulos, estão feridos, sem direção, apenas lançando redes ao mar.

2)A fogueira

Jesus transforma a maldição em benção (v.9)
Pedro após reconhecer através de João, que o homem que lhes ordenará jogar a rede no lado direito do barco, vestiu sua capa e lançou-se ao mar, começou a nadar rumo a Jesus, quando chegou até Ele, o mesmo havia preparado uma fogueira com peixes e um pouco de pão.
Jesus confronta Pedro com a fogueira. Quando Pedro negou Jesus por três vezes ele estava aonde? Com soldados romanos ao lado de uma fogueira. Jesus usa o cenário da negação para tratar o coração de Pedro.
Qual é a fogueira que você precisa ver hoje? Jesus agora coloca esta fogueira na sua frente. Mas o que mudou no cenário na negação? Na noite da negação estava ao lado de Pedro na fogueira, soldados, agora Pedro esta na fogueira com Jesus.

3)O pão e o peixe

Jesus restaura Pedro dando-lhe uma nova chance (v.10-14).
Jesus prepara os peixes na fogueira, depois faz uma refeição comunitária, reparte os pães e peixes entre os discípulos. Qual é o famoso cenário de refeição que conhecemos? A ceia do Senhor, um momento de contrição e arrependimento.
Jesus restaura a vida de Pedro. A fogueira não significava mais negação e perda de sentido, mas agora passa a ser o inicio de um novo ciclo, ao partir o pão e o peixe e entregar aos discípulos Jesus mostra que ainda tem intimidade com eles e inclusive com Pedro.
Jesus comissiona Pedro (v.15-22).
Jesus não queria saber mais sobre o que aconteceu, porque Pedro o havia negado, ou qual castigo Pedro deveria receber, apenas pergunta a Pedro: “Pedro, você me ama?”.
Ele negou Jesus por três vezes, agora Jesus prepara a pesca, a fogueira, o pão e o peixe, para Pedro dizer por três vezes que o amava.
Irmãos, hoje Deus quer nos dar uma nova chance, Ele trás até nós lembranças de quando e como nos chamou, mostra onde caímos, busca o nosso arrependimento e nos trata por completo.
Mas você me pergunta, porque Jesus tratou Pedro? Porque Pedro tinha uma missão, e esta era, cuidar dos cordeiros de Jesus e pastorear suas ovelhas e cuidar. Isso tudo se resumia em uma palavra: Segui-me!!!
Vocês amam Jesus? Arrependa-se dos seus pecados, seja tratado por Jesus e cumpra o chamado de Cristo nesta terra.
Deus hoje nos dá uma nova chance, o que faremos???
Deus nos abençoe, amém!!!

Um comentário: